Matuê no Rock In Rio 2022
Foto por TMDQA! / Diego Castanho

Manda avisar que o Tuêzin chegou!

Bom, na verdade nem seria necessário, já que qualquer um que estivesse passando pelo Palco Sunset no Rock In Rio pôde perceber que Matuê, sensação jovem do trap brasileiro, é o maior ícone do gênero na atualidade.

Em seu show no terceiro dia da edição 2022 do festival, o trapper disse que “realizou um sonho” ao misturar diversos Skate, Rua e Música no mesmo local, e seu palco deixava isso tudo bem claro.

Como foi o show do Matuê no Rock In Rio

Olhando para o palco era possível ver uma verdadeira trupe que acompanhava o cara, incluindo skatistas que passearam pelo palco o tempo todo, artistas de rua e um cenário que lembrava exatamente os ambientes onde tudo isso se encontra pelo Brasil.

Olhando novamente para o palco, aliás, também era possível perceber que Matuê apostou em um formato de banda ao vivo e fez um golaço!

Com um guitarrista pra lá de talentoso, o rapper ainda teve ninguém menos que Heitor no baixo e Pinguim na bateria, ambos músicos conhecidos pelas suas passagens no lendário Charlie Brown Jr.

Essa conexão ainda ficou mais forte quando Matuê disse que é muito influenciado pelo “anjo” Chorão, que foi homenageado com imagens no telão durante “A Morte do Autotune”.

Tudo isso veio após uma rápida cover do clássico “Céu Azul”, do Charlie Brown Jr., e a conexão entre Trap e Rock Nacional já estava pra lá de solidificada.

Matuê faz um dos melhores shows do Rock In Rio 2022

Matuê no Palco Sunset do Rock In Rio
Foto por TMDQA! / Diego Castanho

A gente já havia falado aqui que ele merecia um espaço muito melhor no festival Lollapalooza Brasil, e com o Rock In Rio foi a mesma coisa.

Uma multidão imensa de fãs que se conectaram com as músicas do cara nos últimos anos, especialmente durante a pandemia, se concentrou em frente ao Palco Sunset, mesmo com muita chuva.

Por lá, berrou canções como “Gorilla Roxo”, “Anos Luz”, o mega hit “Quer Voar” e “Groupies”, que chegou com a participação especial do rapper Teto.

A pedrada “777-666” chegou após Matuê pedir para a plateia abrir uma Roda Punk, fazer “chirfinhos do Rock” com as mãos e, de fato, entregar um dos shows mais Pesados e Punks do Rap Nacional hoje em dia.

E, aliás, fazendo mais do que muito roqueiro consagrado por aí, Matuê disse que precisamos realizar mudanças e construir um futuro melhor para o país, afirmando que isso passava por algo escrito em seu skate.

Continua após o vídeo

A mensagem, omitida completamente da transmissão oficial mas bem entendida por quem estava ali, dizia “FORA BOZO” em um skate erguido aos céus por Matuê. O telão foi, então, invadido por uma mensagem enorme de “FORA BOLSONARO”.

Logo depois, ele foi para cima de um desses e não perdeu o ritmo em nenhum momento ao cantar e andar de skate ao mesmo tempo, passando pelas rampas que havia montado para a apresentação.

Teve de tudo: protesto, público enorme, fãs cantando, banda pra lá de competente e muita música boa.

Tuêzin é o cara.

SIGA O TMDQA! NAS MÍDIAS E ACOMPANHE TUDO AO VIVO SOBRE O ROCK IN RIO:

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar