Avatar, banda sueca que vai abrir shows do Iron Maiden no Brasil
Foto: Kristen Drum

Prestes a vir ao Brasil como atração de abertura para os shows do Iron Maiden no país, a banda sueca Avatar tem grandes ambições para sua carreira.

Em conversa com o TotalRock (via Blabbermouth), o vocalista Johannes Eckeström falou sobre o próximo disco do grupo, que tem previsão de lançamento para 2023. O álbum será o nono de estúdio dos caras e, pelo visto, a expectativa do cantor é de ter um grande impacto na cena pesada com o trabalho:

A versão curta [do que os fãs podem esperar] é que nós iremos fazer com que você veja o demônio, e vamos te fazer dançar. Você já ouviu todas as bandas dizerem que ‘esse é o melhor álbum’ até então. Esse é o nosso melhor álbum até então.

O que eu mais acho legal ouvir é o ‘British Steel’ [do Judas Priest] no sentido de que… o Judas Priest sempre foi ótimo, e antes do ‘British Steel’ você teve ‘Killing Machine’, e você teve ‘Sad Wings of Destiny’ e tudo mais, mas eles eram uma ótima banda de Heavy Metal, uma ótima banda de Rock and Roll, uma ótima banda de Prog às vezes e meio ecléticos. E aí com ‘British Steel’ eu sinto que eles realmente focaram completamente em algo, tiraram a gordura. E estamos focados no que achamos que o Metal precisa agora — algo bastante pomposo, mas ao mesmo tempo…

Honestamente, eu sinto que nós temos que salvar o Heavy Metal. Porque as pessoas estão perdidas no passado — eles [do passado] fizeram isso melhor do que jamais faremos o que eles fazem. Não façam isso. O que vem a seguir? O que vem depois pra nós? E fazer isso sem que a gente se acovarde completamente.

O líder do Avatar ainda complementou citando os aprendizados que tiveram com outras bandas de Metal e explicando a sua própria perspectiva acerca do gênero, no sentido de entendê-lo para poder fazê-lo da melhor forma possível:

Quando as pessoas acabam fazendo Metal que você curte mais sentado e calado, você perdeu o objetivo. Metal é música pra você ouvir se mexendo — no pit, batendo cabeça, dançando pra todo lado, tanto faz, levantando peso, bebendo demais, ficando grávida, engravidando alguém, fazendo coisas. É música para se mexer junto. Você tem bateria na banda; por que você teria bateria se não se mexe?

Nós olhamos muito para os mestres — isto é, sabedorias do Motörhead, do Judas Priest, de muitas coisas — mas aí, só… é tipo, isso mas sem ser isso. Eles fizeram isso. Nós somos o agora e o que vem por aí com isso. Para onde podemos tentar ajudar a levá-lo? E esse álbum é isso.

Empolgante, hein? Ainda não há uma data exata de lançamento para o próximo disco do Avatar, mas será que os caras já vão trazer algumas novidades para o Brasil? Tomara!

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar