A$AP Rocky
Foto de A$AP Rocky via Shutterstock

A$AP Rocky está sendo acusado oficialmente depois de ter sido preso por supostamente atirar em um ex-amigo em Novembro do ano passado.

O amigo em questão é A$AP Relli, que integrava o A$AP Mob ou “Máfia do A$AP”, como é conhecido o coletivo liderado pelo rapper.

Como te falamos aqui, Rakim Mayers — nome de batismo de Rocky — foi preso por suspeita de agressão com arma mortal em Abril deste ano no aeroporto de Los Angeles, ao voltar de uma viagem com sua companheira, Rihanna, que na época estava grávida.

O músico pagou uma fiança de US$500 mil — cerca de R$2,5 milhões — para aguardar a investigação em liberdade.

O promotor distrital de Los Angeles, George Gascon, compartilhou um comunicado nesta segunda-feira (15) falando sobre a prisão de Rocky. Ele explicou (via The Independent):

Descarregar uma arma em um local público é uma ofensa grave que poderia ter terminado com consequências trágicas não apenas para a pessoa visada, mas também para espectadores inocentes que visitam Hollywood.

Meu escritório realizou uma revisão completa das evidências neste caso e determinou que a adição de uma alegação especial de arma de fogo era justificada.

Que situação, hein?

Acusações contra A$AP Rocky

Na semana passada, o ex-amigo de Rocky, Relli, que tem como nome de batismo Terell Ephron, se apresentou como a suposta vítima do tiroteio que teria acontecido em Novembro do ano passado.

Advogados do rapaz enviaram um comunicado à Rolling Stone informando que seu cliente está processando A$AP Rocky em um tribunal civil por causar “dano irreparável à sua carreira na indústria do entretenimento” após o tiroteio em Los Angeles.

Os advogados apontaram que Rocky supostamente atraiu Relli para um local central de Hollywood em 6 de Novembro de 2021 para “discutir um desacordo entre os dois”. Eles alegaram:

Depois de chegar ao local, seguiu-se uma conversa em que, sem provocação, aviso ou qualquer justificativa, A$AP Rocky sacou a arma e disparou intencionalmente vários tiros contra Ephron.

O processo indica que Relli foi “atingido por projéteis/fragmentos de bala” e recebeu atendimento médico em seguida.

Relli, que é produtor e gerente de talentos, afirma no documento que recebeu “múltiplas ameaças de morte e danos irreparáveis à sua carreira na indústria do entretenimento”. Ele está pedindo pelo menos US$25 mil — cerca de R$129 mil — em danos, de acordo com a Rolling Stone.

A$AP Rocky pode ser indiciado oficialmente nesta quarta-feira, 17 de Agosto, em Los Angeles.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar