Max Cavalera
Foto via Wikimedia Commons

O álbum de estreia do Soulfly, autointitulado e lançado em 1998, completará 25 anos em 2023 e Max Cavalera quer celebrar em grande estilo.

Em entrevista ao Metal Injection, o brasileiro disse que adoraria reunir a formação original da banda para realizar uma turnê comemorativa do disco. A primeira formação do Soulfly existiu só durante 1997 e 1998, quando o grupo teve a saída do guitarrista Lúcio Maia, famoso por seu trabalho com a Nação Zumbi e que adotava na época o pseudônimo Jackson Bandeira.

Além disso, era completada pelo baterista Roy Mayorga, que saiu em 1999 (mas voltou de 2002 a 2003) e ganhou mais fama ao tocar com bandas como Stone Sour, e pelo baixista Marcelo Dias, que deixou o grupo em 2003.

Sobre o assunto, Cavalera disse:

Eu sei que no ano que vem se completam 25 anos do ‘Soulfly I’. Espero podermos fazer uma celebração bem marcante. Eu gostaria até mesmo de tocar o álbum. Seria ótimo. De repente, até chamar os caras originais para fazer isso – pegar o [baterista Roy Mayorga, o baixista Marcelo Dias, e o guitarrista Lúcio Maia], trazer [Lúcio] do Brasil para fazer isso. Seria incrível.

Seria mesmo!

Outros projetos de Max Cavalera

Na conversa, Max também mencionou seus outros projetos na música. Ele, por exemplo, disse que poderia gravar um terceiro álbum com o Killer Be Killed (que traz membros do Mastodon, Converge e The Dillinger Escape Plan) e outro com o Go Ahead and Die (projeto que Max tem ao lado do filho Igor Amadeus Cavalera e do baterista Zach Coleman) em algum ponto no futuro. Ele disse:

Eu sou um músico abençoado. Eu tenho um pé no passado onde eu posso tocar os clássicos do Sepultura, e outro pé no futuro com as novas do Soulfly, do Killer Be Killed, [e] Go Ahead And Die. É o melhor dos dois universos se você me perguntar, e, além disso, eu toco com a minha família.

De fato, a formação atual do Soulfly ainda conta com a presença de Zion Cavalera, outro filho do músico.

Max e Iggor Cavalera foram lembrados por João Gordo

Um encontro entre João Gordo e Iggor Cavalera, lendas do Rock brasileiro, movimentou a internet na noite desta terça-feira (9).

O vocalista do Ratos de Porão compartilhou em sua conta do Instagram uma foto recente em que aparece ao lado do icônico baterista, que está no país em turnê junto com Max para comemorar os 25 anos do Roots, disco lançado pelo Sepultura em 1996.

No entanto, até o momento, não surgiu nenhum registro de um possível reencontro de Max e Gordo. A gente fica na torcida para que essa amizade seja reatada!

LEIA TAMBÉM: Andreas Kisser faz primeiro show com o Sepultura após a morte da esposa

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! ALTERNATIVO

Clássicos, lançamentos, Indie, Punk, Metal e muito mais: ouça agora mesmo a Playlist TMDQA! Alternativo e siga o TMDQA! no Spotify!

 

Compartilhar