Crystal Castles
Foto: Matt Salacuse/NME
 

A cantora Alice Glass está no meio de uma disputa na justiça contra Ethan Kath, seu ex-companheiro de banda no Crystal Castles.

Após Glass ter acusado Kath de abuso sexual e estupro, o músico decidiu abrir um processo por difamação, chegando a utilizar um “falso fã” para entregar a intimação para a cantora. Agora, de acordo com o TMZ, Glass acaba de entrar com seus próprios documentos em relação ao processo.

A declaração de Glass afirma que ela está disposta a testemunhar e entrar em detalhes sobre suas acusações contra Kath na frente de um juiz. Reiterando o que disse inicialmente, os documentos alegam que Ethan a estuprou quando ela tinha apenas 15 anos de idade. O abuso então teria continuado até o começo da virada da década, com vários casos de isolação, abuso, e estupro com o auxílio de drogas.

Além disso, os documentos ainda afirmam que outras duas mulheres contataram Glass com histórias similares após ela ter feito sua acusação inicial. As três fizeram boletins separados contra Kath ao longo do último mês — o que já havia sido confirmado por um policial envolvido no caso.