Duro de Matar
Foto: Divulgação
 

Pronto, uma das maiores dúvidas cinematográficas de todos os tempos foi solucionada: Duro de Matar é sim um filme de Natal.

Quem falou a respeito foi Steven E. De Souza, um dos roteiristas do filme, que foi questionado por um fã a respeito de como uma obra sobre “amor, devoção, sacrifício, generosidade e resistência ao mal” poderia não ser um filme de Natal.

Steven completou dizendo que o filme ainda conta com “grande participação de uma mulher prestes a dar à luz”, e mais uma vez, quando alguém pediu por sua opinião dizendo que nunca tinha ouvido ele falar a respeito disso, brincou com o Purim, festa tradicional Judaica:

Sim, [eu nunca falei disso] porque o estúdio rejeitou o rascunho com o Purim #DuroDeMatarÉUmFilmeDeNatal

Agora a situação está esclarecida oficialmente, ainda que o pessoal do Choque de Cultura já tenha adiantado isso pra gente nos últimos dias, como é possível ver logo abaixo.

   
 
FonteCoS
Compartilhar