Noel Gallagher no Benicassim 2015
Foto de Noel Gallagher via Shutterstock
 

Definitivamente uma reunião do Oasis não parece próxima de acontecer.

Após Liam Gallagher dizer que fez as pazes com o irmão, Noel, até as casas de apostas de Londres tiveram que rever as premiações pagas caso um retorno se concretizasse, já que passaram a entender que isso teria ficado mais evidente após as pazes dos dois.

Acontece que depois de seus tweets, em uma entrevista, Liam disse que tudo que aconteceu foi uma trégua, e que o Oasis não está nos planos.

Em outra entrevista, Noel também disse que não quer voltar com o grupo que o consagrou, e o fez ao melhor estilo Gallagher, disparando para todos os lados.

Ao ser questionado se ele não se sente tentado a voltar quando vê bandas como o Guns N’ Roses em turnês de reunião de sucesso, ele disse:

Bem, se Axl Rose ou Slash ou qualquer um desses caras fossem tão bons quanto eu, eles não estariam na merda do Guns N’ Roses.

Quando o repórter dá risada e diz que essa foi uma resposta com a assinatura clássica de Noel, ele continua:

Bom, eu conquistei o mundo por tempo suficiente. Eu tenho dinheiro suficiente. Na verdade eu tenho dinheiro demais. Quer um pouco? Eu vou te mandar um pouco. Quanto você quer? Eu não preciso de mais glória, eu não preciso mais ser um roqueiro de arenas. Eu fiz isso quando estava nos meus 20, 30 e 40 anos de idade e era bom nisso. Eu não quero ser um roqueiro de estádios aos 50 anos de idade, eu acho que é indigno.

Na entrevista, Noel ainda diz que os únicos momentos em que ainda pensa no Oasis são quando as perguntas aparecem a respeito nas entrevistas e em ocasiões muito especiais, como a gravação do recente documentário Supersonic.

Vale lembrar que em 2017 tanto Liam Gallagher quanto Noel Gallagher lançaram discos solo.

Dave Grohl, Josh Homme e Green Day

Há algum tempo, também em entrevista, Noel Gallagher falou sobre o estado do Rock And Roll e criticou, de uma vez só, os líderes de Foo Fighters, Queens Of The Stone Age e Green Day.