Kevin Spacey e Christopher Plummer
Foto: Sony Pictures
 

Assim que Kevin Spacey foi denunciado por um ator com quem trabalhou no teatro de assédio sexual quando este era um menor, as obras envolvendo o cara tiveram que enfrentar momentos turbulentos.

Primeiro, House Of Cards teve a sua produção suspensa e, eventualmente, novos episódios foram confirmados com Robin Wright como protagonista em uma temporada que será mais curta.

Outra obra que tinha Spacey e chamou a atenção foi o filme Todo Dinheiro do Mundo, que tem lançamento confirmado para o dia 25 de Dezembro e contou com várias cenas regravadas para que Kevin não aparecesse mais.

Poucos dias após as denúncias de abuso serem reveladas e com o filme já finalizado, o diretor Ridley Scott disse ao público que substituiria Spacey das cenas e o fez com Christopher Plummer.

Agora, em uma matéria do Hollywood Reporter, o processo todo foi revelado e, acreditem, não foi nada simples:

Seria uma vergonha se o filme fosse completamente ignorado por causa do que aconteceu.

Ridley precisou de 10 milhões de dólares adicionais no orçamento do longa e regravou por nove dias em locações no Reino Unido e na Itália:

Eu entrei no meio da questão imediatamente e disse, ‘Eu consigo consertar isso. Teremos que chamar o elenco novamente, garantir que todos estejam disponíveis e que as locações também estejam para que eu volte o quanto antes e regrave cada cena em que Spacey aparecia.’

Michelle Williams e Mark Wahlberg voltaram ao set e a partir daí o diretor regravou a maior parte das cenas e utilizou várias técnicas para misturar o que já havia sido gravado com as novas partes de Plummer.

Aqui no Brasil o filme irá estrear em 25 de Janeiro de 2018.