Michael Stipe, do R.E.M., em 2016
Foto via Shutterstock
 

Michael Stipe nunca foi de esconder sua personalidade e, principalmente, sua sexualidade. E ele tem muito orgulho disso!

Em uma nova entrevista (via NME), o músico se disse satisfeito por ter revelado ser gay em 1994. Stipe também disse que seus colegas de R.E.M. sabiam do fato muito antes de ele de fato falar sobre o assunto.

Michael disse:

Eu nunca estive no armário. Isso que é muito bonito sobre essa história e eu tenho muito orgulho. Você nunca vai achar uma foto minha onde finjo ter uma namorada ou ser alguém que não sou. Eu nunca fui esse cara.

Qualquer fã de longa data do R.E.M. que não entendeu que eu era gay até aquele ponto não estava prestando muita atenção.

Aí sim, hein?

R.E.M.

E falando sobre a banda, Michael Stipe também disse que separar o grupo em 2011 foi a decisão correta.

Encapsular o trabalho criativo da banda ao nos separarmos nos permitiu, e eu acho que também o resto do mundo, dar um passo para trás e admirar o que o grupo foi. Não éramos os caras que sempre estariam ali, e acho que isso foi um favor para nós, honestamente.

E aí, concorda?

LEIA TAMBÉM: Michael Stipe (R.E.M.) lança “Your Capricious Soul”, primeiro single solo

     
 
Compartilhar